meialuz

O Teatro de Oklahoma

não vira de costas não, meu amor, eu quero ficar olhando você. não vira de costas não, eu quero dar beijos na maçã do seu rosto de vinte em vinte segundos enquanto faço carinho no seu cabelo. não vira de costas não, eu quero dizer que amo você só pra ver você sorrindo em resposta pra depois dizer que me ama também e eu sorrir desse jeito torto de quem tenta segurar mas não consegue, eu quero abraçar você e me desligar de tudo além do seu cheiro, e que você me aperte, aperte tanto que chegue a doer uma dor dessas dores boas, doces, que eu sempre sonhei em ser capaz de fazer alguém sentir. eu quero foder você, meu deus como eu quero foder você, gosto tanto de você com essa calcinha de renda, e olha que eu nunca achei que calcinhas de renda fossem nada demais mas…

Ver o post original 232 mais palavras

Anúncios

Diga que está uma merda, mas diga algo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s