Outra vez.

Quanto tempo você acha que isso vai durar?

O cantar

dos pássaros, abafados pelos milhares de automóveis gritando sua pressa,

A corrente

do rio, correndo rumo ao mar para se purificar de toda poluição,

O grito silencioso

das árvores, enquanto são esquartejadas por sádicos seres humanos,

O passo incerto

das pessoas, em direção ao futuro, sem olhar para os lados e enxergar tudo que está acontecendo,

Você,

que não vê que tudo que você faz está acabando comigo, e já não sei o quanto ainda posso suportar.

Quanto tempo acha que ainda nos resta, até que eu me canse de tentar pôr tudo em palavras disfarçadas, e resolva jogar tudo para o alto e fugir?

Outra vez.